5815 empresas cadastradas na região da Rua 25 de Março e adjacências
São Paulo, 17 de julho de 2018 - 
Vitrine 25 de Março - O guia oficial virtual da Rua 25 de Março e Adjacências
FATURE SP Federação das Entidades do Turismo de Compras e Negócios do Estado de São Paulo
Abrasivos
Acessórios
Adesivos
Agências de Turismo
Alarmes e Câmeras
Alfaiates / Costureiras
Alimentos
Antenas
Antiquários
Arames e Molas
Armarinhos
Artesanato
Artigos de Couro
Artigos para Festas
Artigos para Presentes
Artigos Religiosos
Assistência Técnica
Audio e Vídeo
Automação
Aviamentos
Bancos e Câmbio
Bebidas
Bijouterias e Jóias
Bolsas, Malas e Mochilas
Bombas / Hidráulica
Bonés
Bordado, Silk e Transfer
Botões / Zíperes
Brindes
Brinquedos
Cabelos e Perucas
Cabos
Calçados
Calhas / Coifas
Cama, Mesa e Banho
Cameras Digitais
Camisaria
Carnaval
Cartuchos
Casa e Decoração
Casamentos
Câmbio
CDs e DVDs
Celulares
Chaveiros
Cintos e acessórios
Climatizadores
Componentes Eletrônicos
Confecções
Controle Remoto
Cortinas e Tapetes
Couro e acessórios
Dados de Letras
Eletro-eletrônicos
Eletrônica e Acessórios
Elétrica
Embalagens
Enxovais
Esoterismo
Esporte / Fitness
Estacionamentos
Expositores e Manequins
Fantasias
Farmácias
Ferragens
Ferramentas
Fontes / Transformadores
Fraldas e Cia.
Games
Gráficas / Gravações
Guarda-chuvas e Cia.
Higiene e Beleza
Hotéis
Iluminação
Imóveis
Informática
Instalações Comerciais
Instrumentos Musicais
Lembrancinhas
Livrarias
Lojas de 1,99
Madeiras
Materiais Elétricos
Materiais p/ Construção
Material Escolar
Máquinas de Costura
Medição e Automatização
Mercado Municipal
Miniaturas
Moda Evangélica
Moda Feminina
Moda Gestante
Moda Infantil
Moda Internacional
Moda Íntima
Moda Jeans
Moda Jovem
Moda Masculina
Moda Praia
Moda Tamanhos Grandes
Moda Tricot
Móveis
Noivas
Notebooks e Palms
Óticas
Ônibus / Excursões
Papelarias
Peças e Montagem
Perfumes e Cosméticos
Petshop
Portáteis
Puericultura
Redes
Restaurantes
Sacarias
Segurança
Serviços
Sexshop
Shoppings e Galerias
Som Automotivo
Tecidos
Telefonia
Transfer e Cia
Transportadoras
Uniformes
Utensílios Domésticos
Ventiladores e Exaustores
Viagens e Turismo
Zona Cerealista
Política

22/09/2014 10:22hs

Dilma promete economia na ofensiva em segundo mandato


 Presidente diz que Petrobras já se recuperou e será um dos indutores do crescimento do País se reeleita

A presidente Dilma Rousseff abriu na manhã desta Segunda-Feira (22) a série de entrevistas com os principais presidenciáveis no telejornal Bom Dia Brasil, prometendo que, se eleita, fará com que a economia brasileira seja mais "ofensiva".

"Estamos numa situação em que o Brasil está na defensiva em relação à crise internacional protegendo emprego, salário e investimento. Três variáveis que nós protegemos. Por que nos fazemos isso? Porque vamos apostar numa retomada. Na retomada você muda a sua política econômica de defensiva para ofensiva", refletiu a presidente.

Dilma explicou que a fórmula para a retomada do crescimento da economia passa por gastar menos do que se está gastando para sustentar emprego, salário e investimento, mas ponderou sobre o último item o seguinte.

"Só que investimento eu tenho que manter porque se eu não tiver investimento eu comprometo emprego e salário.  O que que nós achamos? A gente tem que ver como é que evolui a crise".

Pontos fortes

Entre os pontos que favorecem a economia brasileira em sua proposta de "retomada" num segundo mandato, Dilma Rousseff destacou que o País tem uma das menores dívidas do mundo e que tem o que chamou de "flanco externo" - "O mundo pode ter flutuações grandes que nós não quebramos". Ainda sobre este último item, ela atribui à recuperação de produção do País puxada, sobretudo, pelo desempenho da Petrobras.

"Hoje a Petrobras não vai dar mais impacto nas contas externas. Ela atingiu o recorde estável de 2,3 bilhões de barris/dia. A Petrobras vai produzir défict externo por um tempo muito curto. Todas as contratações da Petrobras estão feitas e nós teremos um aumento na produção de petróleo nos transformando em exportadores, não há a menor dúvida, nem das consultorias internacionais. Ela foi a maior responsável pelo nosso déficit externo em 2012 e 2013. A Petrobras já se recuperou. Ela bateu todos os recordes de produção, inclusive a própria Agência Internacional de Energia reconheceu que ela teve um aumento de produção. Esse será um imenso fator de crescimento para o Brasil".

Logo após o discurso em favor da estatal de petróleo, Dilma ainda esclareceu: "É importante que fique claro: toda essa investigação sobre a Petrobras não compromete o ritmo de crescimento de sua produção nem o seu desenvolvimento de processos", finalizou.

Conjuntura internacional

A presidente citou que, se o desempenho da economia americana continuar evoluindo, o Brasil poderá entrar numa nova fase que precisa de menos estímulos, que pode ficar mais entregue à dinâmica natural da economia.

A candidata petista registrou que o quadro atual da economia do País se deve também à conjuntura internacional, na qual grandes economias como a Alemanha e, mais recentemente, a China, tiveram queda de crescimento.

"O crescimento chinês estava em 9% e agora está em 6%. A situação no mundo é extremamente problemática, a situação está em compressão. Os nossos vizinhos também estão em situação dificil. O nosso maior importador aqui na região, que é a Argentina, está numa situação bem problemática".

Fonte: Último Segundo - iG

Leia mais
(10/11/2014 11:26hs)

Dilma se reúne com Alckmin no Planalto para discutir crise da água

(06/11/2014 13:48hs)

Alckmin vai usar esgoto tratado para abastecimento na Guarapiranga

(30/10/2014 11:02hs)

Base aliada de Alckmin terá 73 das 94 cadeiras na Assembleia Legislativa

(22/10/2014 10:46hs)

Dilma tem 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos, diz pesquisa Datafolha

(06/10/2014 10:54hs)

Geraldo Alckmin, do PSDB, é reeleito governador de São Paulo

(06/10/2014 10:29hs)

Dilma e Aécio recebem equipes para discutir estratégias do segundo turno

(30/09/2014 15:49hs)

'Talvez, nem precise', diz Alckmin sobre uso da 2ª cota do volume morto

(11/09/2014 10:29hs)

Datafolha em SP: Alckmin cai, mas ainda lidera com folga