5814 empresas cadastradas na região da Rua 25 de Março e adjacências
São Paulo, 24 de abril de 2017 - 
Vitrine 25 de Março - O guia oficial virtual da Rua 25 de Março e Adjacências
FATURE SP Federação das Entidades do Turismo de Compras e Negócios do Estado de São Paulo
Abrasivos
Acessórios
Adesivos
Agências de Turismo
Alarmes e Câmeras
Alfaiates / Costureiras
Alimentos
Antenas
Antiquários
Arames e Molas
Armarinhos
Artesanato
Artigos de Couro
Artigos para Festas
Artigos para Presentes
Artigos Religiosos
Assistência Técnica
Audio e Vídeo
Automação
Aviamentos
Bancos e Câmbio
Bebidas
Bijouterias e Jóias
Bolsas, Malas e Mochilas
Bombas / Hidráulica
Bonés
Bordado, Silk e Transfer
Botões / Zíperes
Brindes
Brinquedos
Cabelos e Perucas
Cabos
Calçados
Calhas / Coifas
Cama, Mesa e Banho
Cameras Digitais
Camisaria
Carnaval
Cartuchos
Casa e Decoração
Casamentos
Câmbio
CDs e DVDs
Celulares
Chaveiros
Cintos e acessórios
Climatizadores
Componentes Eletrônicos
Confecções
Controle Remoto
Cortinas e Tapetes
Couro e acessórios
Dados de Letras
Eletro-eletrônicos
Eletrônica e Acessórios
Elétrica
Embalagens
Enxovais
Esoterismo
Esporte / Fitness
Estacionamentos
Expositores e Manequins
Fantasias
Farmácias
Ferragens
Ferramentas
Fontes / Transformadores
Fraldas e Cia.
Games
Gráficas / Gravações
Guarda-chuvas e Cia.
Higiene e Beleza
Hotéis
Iluminação
Imóveis
Informática
Instalações Comerciais
Instrumentos Musicais
Lembrancinhas
Livrarias
Lojas de 1,99
Madeiras
Materiais Elétricos
Materiais p/ Construção
Material Escolar
Máquinas de Costura
Medição e Automatização
Mercado Municipal
Miniaturas
Moda Evangélica
Moda Feminina
Moda Gestante
Moda Infantil
Moda Internacional
Moda Íntima
Moda Jeans
Moda Jovem
Moda Masculina
Moda Praia
Moda Tamanhos Grandes
Moda Tricot
Móveis
Noivas
Notebooks e Palms
Óticas
Ônibus / Excursões
Papelarias
Peças e Montagem
Perfumes e Cosméticos
Petshop
Portáteis
Puericultura
Redes
Restaurantes
Sacarias
Segurança
Serviços
Sexshop
Shoppings e Galerias
Som Automotivo
Tecidos
Telefonia
Transfer e Cia
Transportadoras
Uniformes
Utensílios Domésticos
Ventiladores e Exaustores
Viagens e Turismo
Zona Cerealista
Economia

06/11/2014 14:35hs

'Não significa nada', diz ministério sobre risco de 5% de faltar energia

#imagem-1 E#Márcio Zimmermann descartou risco de racionamento em 2015.

CMSE divulgou na Terça (5) que risco de déficit chegou ao limite.

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse nesta Quinta-Feira (6) que a informação de que risco de faltar energia no país em 2015 chegou a 5%, máximo tolerado pelo governo e que foi divulgado no dia anterior pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), “não significa nada”. De acordo com ele, não há chance de racionamento no ano que vem.

“Não existe [risco de déficit de energia no país] fora daquilo que o sistema é planejado, que se trabalha com o planejamento do sistema”, disse Zimmermann, que participa nesta Quinta de um evento da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine), em Brasília.

Ele apontou que só será possível calcular o real risco de faltar energia no país ao fim da época de chuvas mais intensas, que começa em Novembro e termina em Abril do ano que vem. Nesse período, a tendência é que os reservatórios voltem a se encher. Em 2014, porém, choveu menos que o necessário, o que trouxe crise ao setor elétrico e temores de um novo racionamento.

“O risco só se calcula ao final da estação chuvosa, em Abril”, disse o secretário-executivo. “Falei que não significa nada o risco de 5% porque quando eu calculo no final de Abril, aí sim, aquele é o que eu digo estruturalmente”, completou ele, que ainda afirmou que o informação divulgada pelo CMSE “não é o IPCA”, índice de inflação oficial.

CMSE

No final da tarde desta Quarta (5), o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) divulgou que o risco de faltar energia no país em 2015 atingiu 5%, o nível máximo tolerado pelo governo. Por conta disso, o colegiado voltou a admitir que “ações conjunturais específicas podem ser necessárias” para garantir o atendimento da demanda por eletricidade, mas não explicou quais.

O risco de 5% de déficit de energia é para as regiões Sudeste e Centro-Oeste, responsáveis por 70% da capacidade de geração de energia do país, e onde os reservatórios de hidrelétricas sofrem com a falta de chuvas – na Terça-Feira (4), o nível médio de armazenamento de água era de 18,3 %, índice mais baixo que o registrado nessa mesma época em 2001, quando o país passava por racionamento.

Foi a primeira reunião do CMSE após as eleições. No encontro passado, realizado no início de Outubro, a previsão era de que o risco de faltar energia no Sudeste e Centro-Oeste em 2015 era de 4,7%.

Na região Nordeste, onde os reservatórios também sofrem com a estiagem, o risco de faltar energia em 2015 é hoje de 0,7%, de acordo com o CMSE. Para 2014, o atendimento da demanda está garantido em todo o país.

Chuvas abaixo do normal

O CMSE informou ainda que em outubro choveu abaixo do normal no Sudeste e Centro-Oeste (64% da média histórica) e no Nordeste (36% da média histórica), o que contribuiu para o agravamento da situação dos reservatórios nessas regiões.

Apesar disso, o comitê afirma que “o sistema elétrico brasileiro apresenta-se estruturalmente equilibrado, devido à capacidade de geração e transmissão instaladas no país, que continua sendo ampliada com a entrada em operação de usinas, linhas e subestações.”

O CMSE vem monitorando a situação do sistema elétrico brasileiro por conta da queda no volume de água armazenado pelos reservatórios das principais hidrelétricas. Para poupar água, o país aumentou a produção de energia pelas termelétricas – usinas movidas a combustíveis como gás e óleo, e que geram energia mais cara e encarecem as contas de luz.

No início de 2014, houve temor de que o país pudesse passar por um novo racionamento, como o que ocorreu em 2001. O governo, porém, vem negando o risco de faltar energia para atender à demanda.

Fonte: www.g1.com.br


Leia mais
(10/11/2014 11:19hs)

Hotel fica até 5 vezes mais caro no réveillon; veja onde aumento é menor

(07/11/2014 14:09hs)

Petrobras anuncia alta da gasolina e do diesel em venda nas refinarias

(03/11/2014 13:19hs)

Venda de imóveis novos em SP sobe 55% em Setembro, diz Secovi

(30/10/2014 14:10hs)

Inflação do aluguel tem a menor alta em 12 meses desde 2010, diz FGV

(28/10/2014 14:23hs)

Com seca em SP, preço da água engarrafada tem aumento de até 20%

(24/10/2014 11:53hs)

Confiança do consumidor atinge menor nível desde Abril de 2009

(06/10/2014 16:46hs)

Bancários fazem assembleia para decidir fim da greve ou manutenção

(14/08/2014 10:59hs)

Vendas do comércio caem 0,7% em Junho, aponta IBGE

 
Rua 25 de Março Armarinho Bijouterias Brinquedos
 Página gerada em 0.12123 segundos© 2006 Vitrine 25 de Março - Todos os Direitos Reservados